Uma História para Elise

Lara Oliver, Kate Dias e Cleiton Carlos.jpg
16.09.20 - Site_Auxílio.jpg
160119IrmaBetany.jpg
_SER3785.JPG
_SER3788.JPG
02_Atividade_será_ministrada_pelo_profes
centro_de_memória_do_circo__hoje_tem_esp
Lara Oliver.jpg
site_ProAC.jpg
12.11.20 - Zoroastro guarda recordações

GÊNERO: TRAGICOMÉDIA
CLASSIFICAÇÃO: 12 ANOS


A perseguição de um oficial de justiça às artistas de uma tradicional boate de uma cidade qualquer traz à tona as dificuldades vivenciadas por gays e mulheres trans que encontram nos palcos uma forma de sobreviver. Este é o enredo de “Uma História para Elise”, do Polo Artes Cênicas (PoloAC), com Cleiton Carlos (Albertina), Kate Dias (Campesina) e Lara Oliver (Bernardina).
 

O espetáculo mostra a investigação sobre o suposto sumiço de uma artista da Estrelinha da Praça, uma tradicional boate da Rua XII, localizada no centro velho. A atuação da justiça, no entanto, resulta em agressões e ignora completamente o depoimento de Albertina, Bernardina e Campesina, três personagens coadjuvantes destra tradicional casa noturna. 


A intenção é esclarecer o mistério em torno do desaparecimento de Elise, que sumiu sem deixar vestígios. Mas, infelizmente, o oficial de justiça usa o ‘rigor da Lei’ para conseguir informações. Ele (Antero da Redenção) se torna agressivo e parece não se incomodar com a violência. A montagem é resultado de estudos cênicos e práticas de montagem do PoloAC. 


Texto e Direção
Anselmo Dequero


Elenco
Cleiton Carlos
Kate Dias
Lara Oliver


BLOG | INSTAGRAM | YOUTUBE

Os Doidivanas.jpeg
Cleiton Carlos, Lara Oliver e Kate Dias
Cleiton Carlos (Albertina)
Kate Dias (Campesina)
Lara Oliver (Bernardina)

Curta e inscreva-se no canal de humor mais abençoado do Brasil

Os melhores vídeos disponíveis para você na maior e melhor plataforma do gênero em nível mundial. Clique aqui!

Espetáculo Contrate

"Uma História para Elise" foi produzido com o intuito de propor uma reflexão acerca do cotidiano de atores transformistas que trabalham numa boate do subúrbio de um grande centro urbano. O espetáculo retrata o brilho da noite, além da violência comumente evidenciada por artistas no país.

Contato 
contato@poloac.com.br
19.99715 6060 WhatsApp